Tendências para o franchising: fique de olho!

Nesta época, é muito comum as pessoas perguntarem quais são os setores do franchising considerados mais promissores para o ano que se iniciará. Obviamente, não é uma tarefa fácil, afinal, o comportamento do consumidor muda muito rápido e isso influencia na manutenção de alguns modelos de negócios ou motiva o surgimento de outros.

Em linhas gerais, podemos sugerir aos investidores que fiquem atentos a alguns segmentos:

Serviços: este setor é sempre bastante aquecido e a tendência é que assim permaneça. O investimento quase sempre é baixo, mas nem sempre o retorno financeiro é interessante. É isso que o investidor precisa analisar com bastante atenção.

Alimentação: é outro setor sempre aquecido. Chamo atenção a uma forte tendência, a de hamburguerias ‘boutique’ – que atraem não só os consumidores ávidos por novidades, mas também os shoppings que querem aumentar o leque de opções em suas praças de alimentação.

Academias: Como as pessoas estão buscando se cuidar mais, as academias merecem atenção, sobretudo aquelas mais enxutas e baratas para o consumidor final. Eu aposto em modelos que oferecem uma só modalidade – pilates, crossfit, etc – e que permitem que o aluno marque aulas por meios digitais e que dispensem o modelo de mensalidade baseado em planos semestrais ou anuais.

Economia compartilhada: este modelo de negócio, assim como já acontece com o Uber e Airbnb, pode inspirar o surgimento de novas franquias. Usar o que já tem, aliado à tecnologia, para gerar renda é tudo o que muitas pessoas desejam neste momento tão delicado da economia. A ideia é compartilhar para faturar.

O que eu realmente gostaria de registrar, mais do que novos negócios ou tendências, é a necessidade de repensar o relacionamento entre franqueador e franqueado. De nada valerão os novos produtos ou conceitos se prevalecer o modelo "comando e controle", sem compartilhamento de ideias e decisões.  Os relacionamentos estão mudando também no franchising e é preciso acordar e agir para esta nova realidade.

Feliz Natal a todos!