Negócios sazonais são para que perfil de investidor?

balance-2025598_1280 (2).jpg

Nesta semana, falei, em novo vídeo da Exame.com, sobre franquias de negócios sazonais. O assunto rendeu: surgiram inúmeras perguntas posteriores ao vídeo e, por isso, decidi escrever um pouco mais sobre o assunto.

No vídeo, falei sobre um assunto bem específico, que são aquelas franquias que têm um prazo de atuação bastante curto: um verão ou inverno, o período de um ‘festival’, um evento pré-determinado, enfim, sabe-se que esse negócio tem início, meio e fim. Eu comentei que é um negócio mais indicado para franqueados experientes justamente porque eles têm mais experiência para conseguir avaliar o quanto investir para que se obtenha o retorno desse investimento, eles são capazes de avaliar se o negócio realmente valerá a pena, porque, em geral, negócios sazonais requerem estratégias diferenciadas, além de muitas horas a mais de trabalho diárias.

Surgiram, também, dúvidas em relação às casas noturnas, consideradas negócios sazonais. Bem, este é um mercado bastante difícil de operar. A maioria das ‘baladas’ realmente são negócios sazonais. Elas duram cerca de 18 a 24 meses porque, então, a fama delas acaba e outras surgem para tomar a atenção daquele cliente, sempre em busca da novidade. Mas, também, existem casos daquelas que se mantêm por muitos anos, com grande sucesso, porque se reinventam e continuam atraindo tanto os clientes fieis quanto novos consumidores. Então, é necessário, ao aderir a uma franquia, fazer um planejamento: minha intenção é ter um negócio que obtenha retorno em 18 meses e partir para outro ou algo de vida mais longa? A partir dessa resposta, você planeja o investimento e o pay back, de maneira a obter lucro.

De qualquer maneira, negócios sazonais não são para amadores. Se você está iniciando sua vida empreendedora, procure um ramo mais seguro, ganhe experiência e, depois, sinta-se à vontade para arriscar.