Aprendendo na IFA

WhatsApp Image 2018-02-18 at 18.15.46.jpeg

Na semana passada, participei da Convenção da IFA – International Franchise Association, nos Estados Unidos. Foram dias de muito aprendizado, trocas de experiências e visitas a redes interessantíssimas que querem levar suas marcas a outros países, incluindo o Brasil. 
Separei algumas informações para compartilhar com vocês, passadas pelos palestrantes, que considero bastante interessantes, acompanhem: 
- O melhor parceiro do franqueador é o franqueado. E é preciso investir nele porque ele muda ao longo do tempo e é preciso tê-lo sempre por perto. Este investimento requer diálogo e atenção. ;
- Franqueadores precisam escutar o Conselho de Franqueados – que deve ser forte e trabalhar junto à franqueadora. Eles podem apontar caminhos para inovação;
- Um franqueado maduro pode começar a perder rendimento. Ele precisa ser desafiado e motivado o tempo todo, para que não perca a conexão com o negócio; 
- Franqueados precisam de apoio comercial. Nem sempre sabem como vender e como gerir a parte financeira deste negócio. Esta capacitação é indispensável e precisa acontecer de forma prioritária; 
- Franqueador precisa ser transparente, não pode sonegar informações. E precisa entender que cada franqueado é único, tem a sua subjetividade e individualidade, e isto não pode ser desprezado; 
- Valorize a família do franqueado, envolvendo-o no negócio. Isso pode facilitar a sucessão e manter a perenidade e sustentabilidade do negócio; 
- Uma franquia de sucesso precisa ter dez características: 
1-  Ter um franqueador que acompanha, estimula e ampara mudanças necessárias;
2-  Promover treinamentos constantes; 
3- Ter um franqueador que reconhece que nem sempre está certo e que aceita as opiniões dos franqueados; 
4- Ter foco na lucratividade do negócio e na saúde da marca; 
5- Criar conselhos de franqueados com opiniões independentes;
6- Ter franqueados que entendem que compraram uma franquia porque não queriam ter que criar um negócio - se o franqueado sabe mais por que comprou uma franquia?
7- Manter uma comunicação transparente;
8 – Cuidar e disseminar uma cultura de marca e rede;
9 – Instituir uma política de Compliance; 
10 – Ter em mente que é preciso que  franqueador e franqueado tenham estejam conectados, pois um depende do outro.