Vamos terceirizar menos a solução dos nossos conflitos?

blog4abril18.jpg

Recentemente, numa entrevista, a ministra Carmen Lúcia citou que existe, no Judiciário, o incrível número de um processo por cada brasileiro. Assim, seriam cerca de 200 milhões de processos tramitando pelos tribunais do Brasil. Segundo ela, há uma cultura bastante arraigada em nosso povo de terceirizar seus conflitos, sem buscar uma solução mais branda, que promoveria uma acordo rápido e amistoso entre as partes, infelizmente.

É também por isso que vejo na Mediação uma forma inteligente de solucionar conflitos no Franchising e insisto neste assunto. Minha intenção é levar conhecimento, informação de qualidade ao sistema de franchising, para que, a cada dia, franqueadores e franqueados interessem-se em conhecer essa forma de solução de conflitos como uma alternativa para a manutenção das relações. A Mediação tem a intenção de solucionar aquela questão, que tanto incomoda, mas, depois dela resolvida, promover a continuidade da relação de franquia – algo que, na maioria das vezes, após um processo pelo Judiciário, isso não é mais possível.

A Mediação é mais rápida, menos custosa e dá às partes a chance de se expressar, expondo não só fatos concretos, mas, a subjetividade que gerou o conflito e que é tão ou até mais importante do que o fato em si. Vale a pena conhecer a Mediação e começar a usá-la nos pequenos conflitos de sua rede, de maneira que ela ganhe espaço dentro da empresa. Sem dúvida, você perceberá os benefícios dessa forma incrível de resolução de conflitos.